Como saber se uma reunião de vendas para grandes contas foi bem-sucedida

Há grandes diferenças entre os processos de vendas envolvendo pequenos valores e as vendas envolvendo elevado volume financeiro. Neste artigo eu me refiro especialmente ao segundo caso, situação em que o processo de vendas é mais complexo, tem um ciclo bem mais longo (às vezes meses, anos), e está em questão uma negociação de grande valor monetário e/ou grande impacto estratégico. Vou me referir a esse tipo de vendas como "Grandes Vendas".

As Grandes Vendas muitas vezes acontecem em uma transação Business to Business (B2B), em que uma empresa vende para outra empresa (e não para pessoa física). É muito comum que, em um processo de Grandes Vendas o vendedor necessite interagir com o cliente muitas vezes, e, quase sempre, através de reuniões presenciais ou remotas. Essas reuniões são oportunidades preciosíssimas para que o vendedor prossiga em direção ao fechamento do negócio.

Em se tratando de um processo de ciclo longo e oneroso (em termos de tempo e de dinheiro), faz todo sentido então investir no aprimoramento das reuniões que dão suporte às Grandes Vendas.

Existem bastantes referências na literatura sobre a reunião de vendas. Eu gosto especialmente da objetividade e clareza que encontrei há muitos anos no livro "Alcançando Excelência em Vendas - Spin Selling". Esse livro traz muito mais do que uma visão sobre a reunião de vendas... aborda o processo de vendas como um todo. A seguir eu reúno os pontos essenciais do livro em relação à avaliação das reuniões de Grandes Vendas.

É importante considerar que toda visita de vendas deve ser planejada e ter em si um propósito bem definido de promover uma das duas possibilidades:


    1. AVANÇO: Situação em que há um progresso real no processo da venda, tornando o desfecho cada vez mais próximo. Os avanços são caracterizados por ações bem definidas, por um compromisso. Por exemplo: o comprador já programa a data da próxima reunião, e fará parte dela um superior hierárquico dele (ou um decisor); o comprador encomenda um protótipo ou demonstração do produto/serviço; o comprador programa uma visita às instalações da sua fábrica (ou escritório); o comprador solicita um orçamento para uma necessidade específica; etc.

    1. PEDIDO: Nesse caso, o resultado da reunião é óbvio. Se acontece o fechamento do pedido, certamente a reunião foi bem-sucedida.

E o que seria então uma reunião mal-sucedida?

Uma reunião mal-sucedida é aquela em que a finalização leve a uma RECUSA (o cliente afirma que não fechará negócio), ou situação de CONTINUIDADE. Do que se trata a "continuidade"? São desfechos em que o comprador não propõe ações bem definidas e não assume um compromisso real. Por exemplo, ele poderia dizer: gostei muito da sua apresentação... eu te ligo para marcarmos uma próxima reunião; muito interessante sua proposta, vou encaminhá-la internamente; gostei dos diferenciais que você demonstrou, vou pensar no assunto; no futuro falaremos; etc.

No fim das contas, o objetivo de uma reunião de Grandes Vendas passa a ser alcançar um PEDIDO ou um AVANÇO. É muito mais comum conseguir AVANÇOS do que PEDIDOS, dada a quantidade de reuniões envolvidas em um processo de Grandes Vendas.

Menos de 10% das reuniões de Grandes Vendas têm como resultado um PEDIDO.

Procure analisar suas reuniões de vendas em termos de PEDIDOS, AVANÇOS, CONTINUIDADES e RECUSAS, melhore o que for necessário, e ótimas vendas!

Abraço!

Prof. MSc. Adriano Pedro Bom

Propter Desenvolvimento Gerencial

Educação Corporativa – Treinamento em Vendas – Formação de Líderes

Acesse outros artigos em: www.propterdg.com.br/desenvolvimento-profissional

Voltar

Pesquisa

Nossos Artigos